Buscar
  • Philo Care

Como a Inteligência Artificial vai melhorar a relação médico-paciente?

Muitos entendem que o avanço da Inteligência Artificial em healthcare resultaria em menor nível de interação humana com os pacientes. Por outro lado, o presente artigo investiga a alternativa contrária, ou seja, se os profissionais de saúde teriam mais tempo a investir na principal razão que os levou à prática médica: o contato com o paciente.



Em recente artigo da Academic Medicine, o Dr Clay Johnston, PhD da Dell Medical School da Universidade de Austin afirmou que “Em 2010, o volume de informação médica duplicava a cada 3 anos e meio. Em 2020, isso ocorrerá a cada 2 meses e meio”.



Além da imensa quantidade de conhecimento médico a ser absorvido e processado, adiciona-se a matriz de informação coletada dos pacientes, potencializada pelo avanço da tecnologia diagnóstica e análise genética, deixando claro que o volume e complexidade das informações suplanta a capacidade humana de processamento.


Sob essa égide, Dr Clay questiona se o exercício da medicina está fadado à obsolescência, a exemplo do que ocorreu com os datilógrafos, cartógrafos, agentes de viagem, taxistas, entre outros.


Por outro lado, ele analisa que, desde o advento do computador pessoal e da internet, médicos têm recorrido cada vez menos a livros e mais em fontes online de informação, para apoiar seus diagnósticos e prescrições. Nessa linha, a IA se apresentaria como uma ferramenta adicional na avaliação e tomada de decisão médica.



Com efeito, ele menciona que algumas universidades estão ajustando seus cursos diante desse paradigma. Na Dell Medical, a duração da grade de ciência básica foi reduzida para 12 meses, diminuindo a carga de memorização e aumentando o foco em comunicação, empatia, administração de equipes, gestão de conflitos, criatividade, resiliência.


Finalmente, ele reflete que, com máquinas cada vez mais capacitadas para absorção, processamento, correlação e análise informação médica, os médicos poderão investir muito mais energia nos aspectos humanos da medicina: ouvir, tocar, compreender, amparar, acalmar, aconselhar. No fim do dia, o principal efeito colateral da Inteligência Artificial seria o rebalanceamento dos valores humanos na prática médica.

3 visualizações

Philo Care é um serviço que utiliza smartbands, transmissores e dispositivos Wi-Fi, que são equipamentos 

eletrônicos de consumo, sujeitos a flutuações de sinal e imprecisão, de sorte que não são dispositivos médicos. Eles não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças, o que deve ser feito por um médico.

Philo Care service uses smartbands, sensors, Wi-Fi and other transmitters that are qualified as end-user electronic devices, subject to signal fluctuations and imprecision, so they SHOULD NOT be considered as medical devices. They are not intended to diagnose, treat, cure or prevent diseases, which should be performed by a medical doctor.