Buscar
  • Philo Care

Philo Care usa inteligência artificial para desenvolver monitoramento de saúde com baixo custo

Notícia: https://www.medicalfair-brasil.com.br/pt/noticias/novidades-do-expositor/philo-care-usa-inteligencia-artificial-para-desenvolver-monitoramento-de-saude-com-baixo-custo


Startup é responsável pela curadoria do Medical Pitches, competição entre healthtechs que ocorrerá durante o MEDICALtalks Live, além de estar confirmada na edição 2021 da MFB


A Philo Care é uma heathtech brasileira, fundada em 2018 com o objetivo de antecipar a detecção de problemas, tratando a saúde ao invés de remediar a doença. Além de estar confirmada na edição 2021 da Medical Fair Brasil (MFB), de 4 a 7 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo, ela também é responsável pela curadoria do Medical Pitches, competição entre startups da saúde, que levará a melhor entre elas para expor na Feira MEDICA de Düsseldorf, na Alemanha.


Saiba mais: Medical Fair Brasil promove competição entre startups


Segundo a Philo Care, o avanço no desenvolvimento da tecnologia de wearables (dispositivos vestíveis) e a crescente demanda de consumo tem influenciado toda a indústria médica, incluindo a cadeia de fornecedores, seguradoras e empresas de tecnologia. Com isso, dispositivos portáteis como os smartwatches (relógios inteligentes) rapidamente se transformaram em ferramentas de saúde clinicamente viáveis.

O CEO da empresa, Douglas Betioli, participou de um exercício de Design Thinking, que é uma abordagem de pensamento criativo, no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), onde abordou a questão da saúde em tempo real, controlada a partir de indicadores tecnológicos para captar informações como pressão arterial, glicemia, peso, passos e sono. Assim surgiu o conceito da Philo Care e não demorou para se chegar a um serviço de monitoramento de saúde eficiente, simples e automático.


“Extraímos sinais vitais e rotina de medicamentos diretamente de sensores e wearables, e os enviamos para a nuvem sem necessidade de smartphone ou aplicativo, gerando alertas automáticos por inteligência artificial e mantendo paciente, familiares e profissionais de saúde informados em tempo real”, explicou ao portal da MFB.


O “Cuidador Eletrônico” da Philo Care é um dispositivo wireless de mesa, que funciona em conjunto com wearables e sensores que medem os sinais vitais do paciente. “Ele extrai dados diretamente do wearable sem intervenção do smartphone, envia para a internet, e além disso, tem a capacidade de interagir com o usuário, dar instruções e receber feedbacks”, conta Betioli.

Além dele, é destaque no portfólio da empresa o “Dispensador de Medicamentos”. Similar ao “Pillpack” da Amazon, patenteado e integrado ao cuidador eletrônico, o produto possui recipientes de papel contendo cada dose, com QR codes para controlar se o paciente extraiu a dose na hora correta. “Diferente do que ocorre no Pillpack, onde mais de 12% das doses costumam ser extraídas e jogadas no lixo, no nosso caso, como monitoramos os sinais vitais dos pacientes, conseguimos saber se a dose ora extraída, foi realmente ingerida ou não”, garante o CEO.


A Philo Care testa e incorpora novas tecnologias continuamente, buscando o que há de mais avançado no mundo. Seu compromisso é oferecer modernidade, eficiência e praticidade. Em 2020, ela já recebeu prêmio de “melhor early stage startup do Brasil”, na competição Startup Race, promovida pela aceleradora digital O Tao Startups.


Leia também: MEDICALtalks Live – o evento híbrido da Medical Fair Brasil para 2020

22 visualizações

Philo Care é um serviço que utiliza smartbands, transmissores e dispositivos Wi-Fi, que são equipamentos 

eletrônicos de consumo, sujeitos a flutuações de sinal e imprecisão, de sorte que não são dispositivos médicos. Eles não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças, o que deve ser feito por um médico.